A+ A A-
22 Mar. 2021

Tondela celebrou a leitura ao longo de nove dias de atividades online

A Festa do Livro e da Leitura, que este ano foi realizada integralmente online, chegou ao fim.

Durante nove dias, desfilaram pelos ecrãs dos computadores dos alunos do 1º ao 8º ano vários escritores, ilustradores, músicos, atores e contadores de histórias para celebrar a leitura e a criatividade.
A mensagem sublinhada vezes sem conta foi a de que só quem lê muito e variadamente consegue ser criativo e imaginativo, duas competências fundamentais para o desenvolvimento da sociedade e da economia.
O escritor Pedro Seromenho percorreu alguns dos seus 18 livros já publicados: «A Cidade que Queria Viver No Campo», «As Gravatas do Meu Pai», «Os Animais Não Conduzem» ou «O Meu Avô Consegue Voar» são alguns exemplos. «Como consegue inventar todas essas histórias e escrever assim?», foi a questão colocada vezes sem conta. Para além de escritor, Seromenho é também ilustrador e, por isso, fez vários desenhos em direto, seguidamente enviados por e-mail para os participantes nas sessões.
Alice Cardoso, escritora, explorou o universo com a história «Antares e a Luneta de Galileu Galilei» e falou de várias outras histórias que publicou. A autora tem, de facto, uma obra variada e, através dela, pretende, por um lado, estimular a aprendizagem (por exemplo, com a publicação de histórias bilingues), e, por outro lado, criar livros inclusivos, abertos a crianças com necessidades especiais.
Rachel Caiano é artista plástica e ilustradora e tem trabalhado em dezenas de projetos nas áreas da pintura, da cenografia e da ilustração. Ilustrou mais de trinta livros publicados em Portugal e em vários países europeus, africanos e sul-americanos. No workshop que dinamizou, apelou à capacidade de abstração e à criatividade, levando os alunos a criar personagens a partir de objetos do quotidiano.
Ana Milhazes, socióloga e escritora (o seu livro «Vida Lixo Zero» é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura), conduziu-nos pelo tema da sustentabilidade numa palestra cheia de conselhos e de truques para reduzir o lixo que produzimos e, assim, vivermos em maior harmonia com o planeta. Um tema importante e que levanta problemas cuja resolução é, cada vez mais, urgente.
Houve também momentos em que a literatura se aliou ao teatro e à música. Daniel Completo, Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada exploraram musicalmente vários contos tradicionais e, ao mesmo tempo, desvendaram facetas mais desconhecidas das suas vidas e profissões.
A companhia Teatro à Solta apresentou o espetáculo «Gaitas, Chouriças e Mantas», uma forma divertida de explicar, de forma bem divertida, como as lendas são importantes para conhecer a nossa cultura e a nossa História.
A Atrapalharte trouxe à cena a peça de teatro «Vicente & Ladino», criada a partir da obra «Bichos», de Miguel Torga, onde se explora o facto de o Homem e o animal partilharem características e anseios.
Estas atividades inserem-se na programação anual da Rede de Bibliotecas de Tondela. As atividades onlinedestinadas às crianças do pré-escolar e inicialmente inseridas no calendário da Festa do Livro e da Leitura 2021 foram adiadas para abril e maio.  
A tradicional feira do livro, que há largos anos tem sido realizada na Biblioteca Municipal na mesma altura, foi também adiada para data ainda a anunciar.
A organização coube à Biblioteca Municipal de Tondela e às bibliotecas escolares dos agrupamentos de escolas Cândido de Figueiredo e Tomaz Ribeiro e contou com o apoio técnico e financeiro do Município de Tondela. 

Agenda de eventos (2)

Próximos eventos (2)

Sorry, no events.

Câmara Municipal de Tondela © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: mixlife